27 abr

Você tem mindset de um profissional de sucesso?

Tudo tem inicio com nossos pensamentos e a maioria de nós não se dá conta disto.

Sempre tive uma certa resistência em acreditar que o meu modo de pensar direciona a minha vida pessoal e profissional. Acreditava que se eu ficasse atento às oportunidades, as coisas simplesmente aconteceriam, mas mesmo com bastante esforço e dedicação não foi este o resultado que obtive. Nunca dei muita importância ao conselho de que o tipo de informações que consumo podem direcionar minha vida.

Todo o conhecimento adquirido com os diversos cursos realizados sempre foi suficiente para minha sobrevivência, mas nunca para o sucesso profissional, ou melhor, fazer com que o meu trabalho trouxesse felicidade e se possível prosperidade. Só fui perceber que isto seria possível se mudasse meu mindset e foi esta a minha intenção quando idealizei a minha maneira de atuar em Coaching- High performance mindset coaching

Nossos pensamentos afetam as nossas emoções que dão direção às nossas ações que produzem resultados, o que nos leva a uma sequência interessante:

PENSAMENTOS > EMOÇÕES > AÇÕES > RESULTADOS

Se o que pensamos tem tanta importância é interessante analisar o modelo de como construímos nosso pensamento e para isso vamos fazer uma analogia com um disco rígido de computador.

Desde que nascemos armazenamos neste HD todas as informações recebidas. Quaisquer que sejam, boas ou ruins, ficam ali arquivadas para futura utilização.

Ao longo da vida, sempre que uma situação nova se apresenta, vamos buscar neste imenso arquivo algo que possa formar o pensamento para aquele momento. Simples, não? O grande problema é que nosso HD armazenou todo tipo de informação e muito possivelmente na época em que isto ocorreu, não fizemos o juízo de valor se era uma informação verdadeira ou falsa, boa ou ruim, útil ou inútil. Simplesmente foi arquivada e agora vai ser utilizada.

Na vida profissional, em cada nova situação, recorremos a esses arquivos mentais para determinar a ação a ser tomada. A sua mente varre o arquivo em busca da tag TRABALHO para que possa encontrar dados que possam embasar a sua decisão.
Fica fácil de observar que se as informações no arquivo forem falsas ou tendenciosas, certamente os resultados não serão favoráveis ao seu bom desempenho profissional, atuando como um verdadeiro obstáculo em sua carreira.

Veja este exemplo:
Em seu arquivo mental existem informações do tipo:
• O trabalho é um mal necessário
• No ambiente profissional um quer puxar o tapete do outro
• Não posso compartilhar o que sei, senão perco a minha importância
• No ambiente profissional é cada um por si
• Eu trabalho para o “patrão” ficar rico
• Manda quem pode e obedece quem tem juízo
• A empresa tem milhares de funcionários e eu sou apenas mais um
• Ninguém pode ser feliz no trabalho

Estas são algumas das inúmeras informações que registramos em nosso HD mental e são elas que vão embasar o nosso comportamento profissional e o resultado certamente não será muito promissor. Pensamentos similares a estes afastam os profissionais de um desempenho excelente e os tornam iguais a tantos outros que não agregam valor em suas atividades.
Se este tipo de informação é o que norteia as suas ações o resultado será que, para a sua mente a escolha que fizer será certa, mas não a que será bem-sucedida.

Eu creio que o sucesso profissional é fruto de um modo de pensar favorável à felicidade e o prazer no trabalho, fazendo aquilo que gosta e que traz satisfação pessoal.

Analise os conceitos que estão armazenados em seu arquivo mental, reveja os seus objetivos e principalmente, analise como você foi programado. Digo isto, porque certa vez, ouvi de um coachee que ele nunca seria uma pessoa de muito destaque e que onde havia chegado já estava de bom tamanho, pois “segundo seu velho pai, sucesso e prosperidade estava apenas destinado aos filhos de rico” e que a ele estava destinada uma vida de muito trabalho para sobreviver de forma honesta e digna.

E você?

Quais são os conceitos que moldam os seus pensamentos?
Você crê que os pensamentos são o seu alimento sensorial?
O que você tem em mente para virar, agora, este jogo?

Fique a vontade para questionar ou se posicionar, deixe o seu comentário.

Loading Facebook Comments ...

Leave A Reply