02 jan

Silêncio: O poder da calma em um mundo barulhento

Meu primeiro contato com os livros de Thich Nhat Hanh foi no final da década de 1980 e desde então venho lendo, estudando e me maravilhando com a praticidade de seus ensinamentos. Este Monge Vietnamita, residente na França tem apresentado de forma simples e prática algumas técnicas e comportamentos que têm tradição milenar, mas distante de nossa cultura.

Aprendi com ele formas simples de meditar que podem ser feitas durante a alimentação ou até mesmo caminhando pela rua, atividades que são utilizadas por muitas empresas do Vale do Silicio pelas inúmeras vantagens que proporciona àqueles que a praticam.

Neste final de ano, reli um de seus livros : “Silêncio: O poder da calma em um mundo barulhento”, Ed Harpercollins –

Aconselho a leitura sem nenhuma hesitação, pois ensina a manter a calma interior mesmo nas situações mais caóticas e viver uma vida satisfatória com a prática de mindfulness sem longas horas de meditação. Sua proposta é esta: simplesmente pare e dê a si mesmo o presente de viver verdadeiramente, aqui e agora.

“Silêncio – O poder da quietude num mundo barulhento”, de Thich Nhat Hanh , ensina que o silêncio é essencial, que nós precisamos do silêncio como precisamos de ar, como as plantas precisam de luz. Em outras palavras: se não houver silêncio, se nossa mente estiver repleta de palavras e pensamentos, não haverá espaço para nós mesmos.

Muitos de nós têm medo do silêncio e, ao mesmo tempo, nunca antes pudemos nos conectar uns com os outros com tanta prontidão, e jamais foi tão fácil nos perder de nós mesmos. Estamos sempre ocupados demais. Nutrimos expectativas irreais e acreditamos que sempre há alguma condição ainda não alcançada para a felicidade. De repente, um vazio; sentimos como se algo muito importante faltasse e desesperadamente ansiamos por uma mudança radical em nossa vida. Em tempos de constante ruído e distração, simplesmente parar e estar em silêncio é um ato revolucionário. Você deixa de lado a desunião consigo, o não ser quem é, e reencontra as maravilhas da vida.”

O silêncio reorganiza nossa mente, coloca pensamentos em dia, quebra paradigmas e deixa a mente forte, preparada para os desafios da vida.

Loading Facebook Comments ...

Leave A Reply