08 jul

Uma dica para aumentar a resiliência

O termo resiliência foi emprestado da física e pode ser avaliado no comportamento do profissional como a capacidade de resistir aos golpes e reveses do cotidiano.

Essa capacidade varia de pessoa para pessoa, mas pode ser aprimorada, e para que isto aconteça é interessante que em primeiro lugar saibamos o que faz uma pessoa ser mais resistente que outra.

Muitas universidades têm estudado o assunto e entre elas a City University of New York que identificou três características envolvidas neste processo: compromisso, controle e desafio. Outros, em lugar de compromisso preferem utilizar significabilidade, ou seja, ter um significado para a vida, isto é, sabem o que faz a vida valer a pena e com este sentimento administram as situações de forma objetiva.

Em vista das pressões do mercado, da dinâmica do cenário organizacional e em muitas vezes do despreparo dos gestores, o profissional está sujeito a reveses ou fracassos profissionais, o que pode desestabilizar e perturba-lo emocionalmente, ocasionando desconforto, estresse e redução da capacidade de raciocínio.

Tendo este cenário a nossa frente, torna-se necessário que o profissional esteja preparado para enfrentar e administrar estas situações desconfortáveis e que esta ação tenha resultado no menor espaço de tempo possível, pois espera-se que esteja sempre no desenvolvimento de suas atividades.

Alguns profissionais conseguem, através do autoconhecimento e autogerenciamento emocional, desenvolver mecanismos próprios para aumentar a sua resiliência e adaptabilidade ao novo, mas não se trata de uma tarefa de fácil empreitada. A situação ideal seria que este profissional se submetesse a um processo de Coaching para uma solução mais eficaz nesta tarefa.

Atualmente, venho utilizando nos processos que conduzo alguns modelos tradicionais, mas com melhor resposta quando a técnica utilizada é do Mindfulness ou Atenção Plena, onde é bastante explorado o foco na atividade realizada, e como prática utilizo uma pequena barra de chocolate ou uma simples uva passa que é dada ao Coachee para degustação e que serve de ponto de partida para o processo.

Com a prática da Mindfulness desafios passam a ser encarados como oportunidades e não como ameaças, isto devido a uma maior felicidade interior, menos estresse e muito maior autocontrole.

Em aproximadamente oito semanas de prática os resultados já são significativos e são sempre acompanhados de um aumento da empatia, compaixão e serenidade.

A prática da atenção plena pode ter um papel crucial nesses aspectos da nossa vida.

Loading Facebook Comments ...

Leave A Reply