20 ago

Pausas Estratégicas

Tenho ouvido muito em meus processos de Coaching que um dos receios dos profissionais é chegar ao final do dia e não ter dado conta de todas as atividades programadas. Isto devido as exigências cada vez maiores que seus cargos demandam, pois além das tarefas rotineiras devem aprimorar a liderança, desenvolver continuamente a criatividade e a inovação, aprimorar o pensamento estratégico e outros comportamentos essenciais, tudo isto somado com a dinâmica do mundo moderno, que se reinventa a cada dia.

Trabalhar com o Coachee estes pontos tornou-se prazeroso e eficaz após a leitura do excelente livro LIDERANÇA ESTRATÉGICA de Kevin Cashman, um dos melhores coaches de CEOs do mundo e publicado no Brasil pela M.Books.

Abordar este assunto requer, antes de tudo, discutir sobre um paradoxo moderno: neste mundo cada vez mais volátil, incerto e ambíguo, os líderes precisam não apenas agir mais rapidamente, mas fazer pausas mais profundas.

Estas pausas, ou paradas para reflexão, proporcionam um processo catalizador que orienta o profissional a recuar a fim de liderar em três áreas fundamentais: fortalecer a liderança pessoal, desenvolver outras lideranças e promover culturas de inovação; tudo com a finalidade de sair de um modelo de gestão rápida e transacional para uma liderança significativa e transformadora.

Fazer uma pausa potencializa o desempenho.

Em nossa ânsia por “chegar lá”, vamos a todos os lugares sem estar em lugar nenhum. Atarefados demais gerenciamos, raramente recuamos para liderar com significado transformador.

“Gestores insistem em ímpeto e controle para que as coisas sejam feitas; líderes fazem pausas para descobrir maneiras de ser e de realizar. ” Kevin Cashman

A pratica de incorporar o princípio da pausa em nossa atuação provoca uma mudança do cenário que o mundo nos apresenta de Volátil, Imprevisível, Complexo e Ambíguo para um mundo com Visão, Inteligência, Clareza e Agilidade. Trabalhar estes princípios em nossos processos de Coaching trará inúmeros benefícios ao nosso cliente.

Paradoxalmente, a pausa agiliza o desempenho e realiza-se mais e melhor.

A Pausa ajuda a focar a nossa atenção, energia para crescer, criar, resolver problemas e inovar, além de colaborar para:

  1. Construir autopercepção e clareza de propósitos;
  2. Explorar novas ideias;
  3. Arriscar a experimentação;
  4. Questionar, ouvir e sintetizar;
  5. Desafiar o status quo, dentro de nós e ao nosso redor

Atualmente venho incorporando em meus processos de Coaching o conceito da Pausa Estratégica e de Mindfulness, os antídotos mais eficazes, em minha opinião, ao caos que nós mesmos provocamos em nossas vidas, quando nos deixamos levar pelos modelos em que a sociedade e o mundo organizacional estão adotando.

Loading Facebook Comments ...

Leave A Reply