09 jun

Atenção Plena e sucesso profissional

Quando foi a última vez em que ficou boa parte da madrugada acordado, com pensamentos e preocupações remoendo o seu sono?

Quantas vezes, nos últimos tempos, ficou rolando na cama sem conseguir dormir? Certamente o sono perdido foi encontrado durante o dia, quando sua cabeça parecia estar nas nuvens, olhos ardendo e fazendo um esforço muito grande para não cochilar nas reuniões de trabalho.

Se isto aconteceu com você, não se sinta fora da curva. Esta situação vem acontecendo com a maioria absoluta das pessoas, pois estamos sendo contaminados pelo péssimo costume de não tomarmos posse do curso de nossos pensamentos, deixando que “flutuem” por si só em nossa cabeça. Deixamos de aprender a controlar, o que queremos ou não para nossa mente, atitude que nos mantém estafados, com falta de objetividade, infelizes e se isto não bastasse, ficamos sem foco para nossas atividades. A procrastinação e o desanimo profissional são as primeiras consequências deste comportamento.

Saiba que isto acontece também com a maioria das pessoas e eu já fiz parte deste time, sei muito bem o quanto isto é desagradável, pois parece tornar a nossa vida sem sentido. Depois de buscar informações aqui e ali, analisar pessoas que não tinham este tipo de problema e mesmo observando que algumas empresas por já terem detectado esta situação promovem treinamentos para seus colaboradores, encontrei o “caminho das pedras” e hoje auxilio pessoas a desenvolver a sua Atenção Plena. Para isso, em meus programas de coaching passei a incorporar práticas testadas e de sucesso, que já são utilizadas há muitos anos.

O início para mudar esta situação começa com a prática da meditação, que por falta de conhecimento, por julgar que só é aplicada se aliada a praticas religiosas e que exige que nos tornemos verdadeiros monges, não encontra respaldo no ambiente profissional. Antes de falar um pouco sobre esta pratica, quero lembrar que Google e outras grandes empresas já incorporaram o seu uso normalmente e isto porque Mindfulness – ATENÇÃO PLENA- é uma prática resultante de estudos científicos e não de costumes de tradição religiosa, se bem que ao longo dos séculos, esta prática é muito utilizada, por empirismo dos povos.

O primeiro passo para se adquirir Atenção Plena começa com o comprometimento em se praticar diariamente, no mínimo uma vez ao dia, a meditação. Nada de cenários, aromas ou mesmo rituais, apenas sentar e prestar a atenção em apenas uma coisa, que poderá ser a sua respiração por exemplo. Um minuto só para você já é um bom começo.

Neste período, pelo costume adquirido, alguns pensamentos ou preocupações se farão presentes, identifique que sua atenção foi desviada e gentilmente retome a sua atenção à sua respiração. A repetição desta prática desenvolverá em você um estado de atenção permanente e ainda notará que para seus problemas serão encontradas melhores soluções, além de um bem-estar e um estado de felicidade cada vez mais presente.

Os funcionários da Google, são treinados para praticar a meditação até enquanto estão caminhando entre o prédio em que trabalham e o estacionamento, ou de sua sala ao refeitório. São momentos preciosos para se aquietar a mente deixando-a preparada para novos desafios.

Esta prática vem sendo estudada principalmente na Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts, Faculdade de Oxford, Faculdades de Toronto e Cambridge baseadas na MBCT ( Mindfulness Based Cognitive Therapy), tendo inclusive um estudo publicado na Psychosomatic Medicine, 65 (pp 567-570) relatando que a prática da Mindfulness melhora significativamente o sistema imunológico do indivíduo.

Minha sugestão é que se for sua intenção alcançar a excelência profissional aliada ao bem estar emocional vivendo em um estado de felicidade, que busque desenvolver e praticar a Mindfulness ou ATENÇÃO PLENA.

Loading Facebook Comments ...

Leave A Reply